Home / Entretenimento / The Voice Brasil: nova temporada terá botão de bloqueio e mais novidades

The Voice Brasil: nova temporada terá botão de bloqueio e mais novidades

11/07/2018 às 01:49:11

Atire a primeira pedra quem nunca deu uma de cantor no chuveiro. Se, para alguns, o momento de cantoria é sinônimo de pura diversão, para muitos a ducha representa muita coisa: é lá que surge o sonho de tornar-se cantor e ter sua voz conhecida em todos os cantos do país. Concretizar esse desejo é um desafio que pode virar real no The Voice Brasil. Os próximos talentos anônimos da música brasileira serão revelados a partir do dia 17 de julho, terça-feira, quando estreia a nova temporada do reality show.

O programa, que tem apresentação de Tiago Leifert e direção artística e geral de Creso Eduardo Macedo, chega a sua sétima temporada cheio de novidades. Boa parte delas foram apresentadas na noite desta segunda- feira (9), em um show com antigos participantes do reality, que marcou o lançamento da nova edição da atração nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

Além dos apresentadores – que foram ovacionados pelo público, formado por jornalistas, convidados e fãs – o evento contou com a presença do time de técnicos Carlinhos Brown, Lulu Santos, Michel Teló e Ivete Sangalo. A atriz e apresentadora e Mariana Rios também marcou presença – ela mostrará os bastidores da atração e comandará um programa web toda semana. O lançamento foi transmitido ao vivo nas redes oficiais do programa.

Michel Teló é tricampeão da atração – todas que ele participou, venceu (Foto: Raquel Cunha/TV Globo)

 

Novidades
Uma das principais mudanças da atração musical da TV Globo é que agora ela será exibida em dois dias da semana: às terças e quintas, após a novela Segundo Sol. “A gente vai poder contar mais as histórias das pessoas, os técnicos vão cantar mais e teremos mais tempo para nos divertirmos com o programa”, celebrou Teló, que já ganhou o programa três vezes.
Outra mudança marcante é que cada técnico terá três outros botões em sua cadeira durante a fase das Audições às Cegas, que dura oito episódios. A ferramenta permite que eles possam bloquear uns as outros. Um detalhe importante: o técnico bloqueado só saberá que está impedido de disputar o participante se virar sua cadeira.
“Cada técnico terá três botões para usar na temporada. Qualquer técnico pode bloquear outro que já tenha dado o ok para aquele participante da vez. Cada um tem este botão e, como a essa altura ele já foi usado algumas vezes nas gravações, posso dizer que é muito divertido! A brincadeira é boa, até porque a tensão da escolha já passou, a voz já foi escolhida. A surpresa é saber qual dos técnicos não participará da escolha”, explicou Tiago Leifert. 
Cada time terá 18 vozes na primeira fase. Já na fase das batalhas dos técnicos, o público poderá salvar um participante eliminado da competição por meio de votação no site do programa. “O salvamento instantâneo é uma forma do público participar ainda mais da atração“, acrescenta o apresentador. 
Para Lulu Santos, as batalhas são os momentos mais difíceis da competição.”Sofro porque o técnico é o que abraça e depois o que ‘corta’. Isso é difícil”.
(Foto: Raquel Cunha/TV Globo)

 

Na ocasião, a baiana Ivete Sangalo ressaltou que o programa é um sucesso porque música é um tema universal, que toca a todos, independente de idade e classe social. “Todo mundo gosta de música. A música veio para tirar o ser humano do lugar comum. Quando você liga a TV e vê artistas que se comunicam com o público, com cara (Tiago) que se comunica com as pessoas e as tira do marasmo, com uma produção incrível… É uma soma perfeita. Vai ter mil edições porque trata de emoção e isso é comum a todos”, afirmou ela.
(Foto: Raquel Cunha/TV Globo)
Segundo Brown,  o The Voice Brasil oportuniza e iguala todos. “Após sete edições, a gente vê a classe artística mais aberta a participar disso, que começa nas nossas casas, regionalmente. Pode ser seu vizinho ou aquele seu amigo de infância.  E isso é muito bacana: a gente passa por todo país antes de chegar aqui, nesse momento, juntos”, destaca.
(Foto: Raquel Cunha/TV Globo)
O show
Carol Biazin, uma das finalistas em 2017, do Time Ivete, foi a primeira a subir ao palco do evento. Atualmente a ruiva está compondo e vai gravar seu primeiro EP com seis músicas. Em seguida, foi a vez da dupla Alysson e Adysson, do Time Teló, cantar a música que fez todas as cadeiras virarem nas Audições às Cegas do ano passado. Os irmãos, estão se preparando para gravar seu primeiro DVD. A grande campeã da última edição também soltou a voz. Samantha Ayara mostrou uma música inédita para a plateia presente. Mais tarde, um dueto de Carol Biazin e Juliano Barreto emocionou o público. Ex-integrante do Time Brown, Juliano está fazendo sucesso até no Uruguai. 
Da primeira temporada do reality, Gustavo Fagundes também deixou sua marca registrada no show de lançamento. E Alice Tirolla mostrou a mesma voz doce e forte que iluminou a 4ª temporada. Para encerrar as apresentações, Liah Soares, voz marcante da primeira edição do programa, subiu ao palco. A cantora, que já lançou dois álbuns e um DVD, disse que em breve irá fazer uma turnê em Portugal. Confira imagens do show abaixo.
Samantha Ayara (Fotos:Raquel Cunha/TV Globo)
No evento, os técnicos puderam relembrar diversos momentos das últimas temporadas. Lulu não conteve as lágrimas quando viu Gustavo Fagundes cantar Eu gosto tanto de você, com Alysson e Adysson. “A gente se emociona fazendo. Às vezes a gente acha que sabe tudo o que vai acontecer e ainda assim se emociona. Não tem lógica, tem emoção. Eles revelam sentimentos em mim que eu ainda não domino e isso é que é a música. É no arrepio. Eu preciso sentir alguma coisa. Se eu arrepiar, é inevitável virar a cadeira”, disse o cantor.
(Foto: Reprodução)
Rever tantos talentos também emocionou Ivete. “Como seguir uma estratégia aqui? A pessoa está toda organizada, vem eles e desorganizam tudo”, brincou. “Não existe uma estratégia para emoção. Com sete edições a gente vê que temos a classe musical mais encorajada a se aceitar como artistas, aceitar as nossas humildes oportunidades e participar de um conjunto harmônico que começa pelo país, lá na portaria, até chegar a esse palco para ser nacionalizado”, resumiu ela.
Após o lançamento do programa, os técnicos participaram de um bate-papo com a imprensa. Na ocasião, os baianos Brown e Ivete contaram novidades da carreira. Enquanto ela se prepara para a gravação do seu DVD de 25 anos, em dezembro, ele vai expor suas pinturas em breve no exterior. 
Confira as fases do The Voice Brasil
Audições às Cegas
Nesta primeira fase, os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela sua voz. Os técnicos viram suas cadeiras e montam os times: Time Ivete, Time Brown, Time Lulu e Time Teló. Se mais de um técnico virar sua cadeira para o mesmo participante, quem escolhe com quem quer trabalhar é o próprio candidato. No total, serão oito audições e 72 novas vozes, 18 para cada time. A fase conta ainda com uma novidade: o botão de bloqueio. Com ele, os técnicos podem bloquear uns aos outros. Mas existe um detalhe: o técnico só sabe que está impedido de participar da disputa pela voz se virar sua cadeira. Assim, ele pode impedir que o talento escolha ingressar no time do técnico rival.
Batalhas
Com as equipes formadas, os técnicos dividem seus times em duplas que se apresentam em duelos, cantando a mesma música. Ao final de cada apresentação, o técnico decide qual dos dois permanece representando o seu time na competição. Ivete, Lulu, Teló e Brown poderão usar ainda o famoso “Peguei” entre os eliminados de cada programa. 
Tira-Teima 
A partir desta fase, os shows são ao vivo e quatro integrantes de cada time se apresentam por programa. Depois das apresentações, cada técnico salva duas vozes para seguir em frente. O público começa a escolher seu candidato e também pode salvar uma voz. 
Batalha dos Técnicos 
Batalhas especiais, com shows ao vivo, em que a disputa deixa de ser entre candidatos do mesmo time e passa a ser entre cantores de times adversários. Um sorteio é feito para descobrir qual técnico começa escolhendo seu opositor. A partir daí, Ivete, Brown, Lulu e Teló escolhem quem de seu time irá duelar com o time adversário. Nesta fase, há ainda o salvamento instantâneo: por meio de votação no site do programa, o público poderá salvar um dos eliminados da disputa. 
Remix
Nesta fase, os técnicos do reality têm uma nova chance de equilibrar seus times. Cada um escolhe uma voz para seguir direto para a próxima fase. Os demais candidatos se apresentam em números solos e Brown, Lulu, Ivete e Teló voltam a usar o famoso botão vermelho para escolher quem vai passar para a próxima fase. Os participantes que tiverem mais de um botão apertado podem decidir em que time desejam ficar. Os times encerram essa fase com 4 vozes cada um.
Shows ao Vivo 
Esta fase acontece em 2 programas. No primeiro, as 4 vozes de cada time se apresentam em shows ao vivo e apenas 3 seguem na competição. No programa seguinte, eles voltam a se apresentar para definir os 2 talentos de cada time que seguem para a semifinal. 
Semifinal
Nesta fase, dois candidatos de cada técnico se apresentam, mas apenas um de cada time segue para a grande final.
Grande final
Na final, caberá ao público decidir quem será o campeão da sétima edição do ‘The Voice Brasil’. O vencedor ganha um prêmio de R$ 500 mil e um contrato com a gravadora Universal Music.
Naiana Ribeiro, do Rio 
Via Rede Nordeste  
Compartilhar

Veja Também

Dwayne Johnson diz não saber se estará no nono ‘Velozes e Furiosos’

15/07/2018 às 17:20:18 O ator Dwayne Johnson, 46, afirmou na noite desta sexta-feira (13) que ainda ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *