Home / Política / No Cariri, Camilo responde sobre Planalto em 2022; na Ásia, governador se encontra com Luciano Huck hoje

No Cariri, Camilo responde sobre Planalto em 2022; na Ásia, governador se encontra com Luciano Huck hoje

11/09/2019 às 19:18:46

Planalto?
Desde que Camilo Santana (PT) fez a primeira visita ao ex-presidente Lula em Curitiba no dia 25 de julho aumentam as especulações do futuro político do governador, cotado informalmente como um pretenso candidato à Presidência da República em 2022. Na sexta (6), o Miséria perguntou a Camilo se há a possibilidade.

Muita calma
“Ainda estamos em 2019, disse Camilo enquanto se afastava dos jornalistas em Juazeiro do Norte, onde ocorreu uma solenidade de assinatura de ordem de serviço. Apesar da distância temporal, o assunto já é posto em discussão inclusive pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), que já deixou claro as pretensões à reeleição.

Do sudeste…
Em duas semanas Camilo esteve em São Paulo visitando as redações dos jornais Folha de S. Paulo e Estadão, em uma clara movimentação de âmbito nacional, costurando articulações em um dos colégios eleitorais mais importantes do Brasil. Na segunda (9), participou do Fórum 2019 da Revista Exame, um encontro para “debate sobre os desafios para o Brasil voltar a avançar”, como definiu.

… à Ásia
Cumprindo agenda oficial, Camilo passa essa semana em Singapura, na Ásia, onde participa de um Encontro sobre Gestão de Pessoas e Educação promovido pela Fundação Lemann. Quem também está no evento é o apresentador Luciano Huck.

Disse me disse
Um membro do PT no Cariri assegurou que é uma orientação orquestrada o movimento que o governador faz no sudeste. De acordo com a fonte, Camilo pretende “furar a máquina burocrática do PT”, deve se encontrar com os ex-governadores de São Paulo Márcio França (PSB) e Geraldo Alckmin (PSDB) nos próximos dias.

Ainda é cedo
A esquerda, porém, deve realinhar as pretensões para 2022. Com um capital político renovado desde que foi citado por Bolsonaro como um dos “piores governadores de paraíba”, Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, de acordo com a colunista da Folha Mônica Bérgamo, articula uma frente contra o Presidente da República reunindo mandatários de outros estados.

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Compartilhar

Veja Também

Presidente do PSL é alvo de operação da PF

15/10/2019 às 11:54:41 O presidente do PSL e deputado federal Luciano Bivar (PE) é um ...