Home / Política / Deputados estaduais tomam posse na Assembleia Legislativa do Ceará

Deputados estaduais tomam posse na Assembleia Legislativa do Ceará

01/02/2019 às 18:18:46

Os 46 deputados estaduais eleitos em 2018 no Ceará assumiram mandatos nesta sexta-feira (1º). A solenidade de posse da 30ª legislatura ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado, em Fortaleza. José Sarto foi eleito presidente da Mesa Diretora. A solenidade contou com a presença do governador do Ceará Camilo Santana.

Após juramento, os parlamentares se acomodaram em seus assentos, e elegeram a nova Mesa Diretora para o biênio 2019 – 2020. A Mesa Diretora foi eleita com 45 votos a favor e um contra. A composição da nova Mesa terá representantes do PDT, PT, MDB, SD, PSD e PP.

O plenário estava lotado de servidores, assessores e familiares que foram prestigiar a posse.

Veja a composição da Mesa Diretora:
José Sarto ( PDT – presidente)
Fernando Santana (PT – 1º vice-presidente)
Danniel Oliveira (MDB – 2º vice-presidente)
Evandro Leitão (PDT – 1º secretário)
Aderlânia Noronha (SD – 2ª secretária)
Patrícia Aguiar (PSD – 3ª secretária)
Leonardo Pinheiro (PP – 4º secretário)
Ocupam, respectivamente, as funções de suplentes da Mesa os deputados Osmar Baquit (PDT), Bruno Gonçalves (Patri) e Romeu Aldigueri (PDT).

Parceria com o Governo Federal
O governador Camilo Santana compareceu à Assembleia Legislativa do Ceará. Camilo Santana afirmou, em entrevista, que está mantendo uma parceria institucional positiva com o governo Bolsonaro. “O governo tem sido parceiro, estamos com a Força Nacional aqui, estamos com agentes penitenciários de outros estados autorizados pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), temos uma parceria institucional positiva”, disse.

O governador disse ainda sobre segurança pública, destacando que o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque tem carta branca e que criminoso “não terá mais regalias”.

“Estamos enfrentando essa situação. Quem manda é o Estado, criminoso será tratado como criminoso, não terá mais regalias, vamos transferir quem for necessário, estamos fazendo isso porque o reforço que essa ação terá para a sociedade será muito positiva. Vamos fazer concurso para Polícia Civil, para Pefoce e para a Polícia Militar”, revelou o governador do Ceará.

Mais votado
Já o deputado André Fernandes (PSL) disse, antes da solenidade de posse, que há envolvimento de políticos no tráfico e defendeu a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico. Com apenas 20 anos, ele foi o parlamentar com maior número de votos no estado e mais jovem do país nas eleições de 2018.

Segundo ele, é preciso “defender uma Polícia Militar com autonomia para trabalhar, uma Polícia Civil estruturada para investigar os crimes aqui no Brasil, defender a CPI do narcotráfico”.

“Eu tenho certeza que existem vários políticos envolvidos com tráfico, envolvidos com a bandidagem, enfim, defender que bandido sofra aqui no Ceará. Bandido vai para cadeia para não ficar de férias, é para pagar o que fez”, afirmou.

Já o Delegado Cavalcante (PSL), que já foi deputados em duas legislaturas anteriores, retornou para a Assembleia. Cavalcante elogiou o secretário da Administração Penitenciária (SAP), Mauro Albuquerque.

“O Mauro Albuquerque….. esse trabalho que ele está fazendo no Ceará era para fazer no Brasil todinho. E um dos instrumentos que nós podemos usar aqui é a CPI né? Para ajudar não só o governo do estado como o governo federal somente na legislação para que seja endurecido porque para bandido tem que ser coisa dura”, disse Cavalcante.

G1

Compartilhar

Veja Também

Defesa de Lula critica PGR por se manifestar contra suspeição de Moro

07/12/2019 às 16:37:47 A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a ...