Home / Ceará / Ceará é o sexto estado do país com melhor índice no Ideb para o ensino fundamental

Ceará é o sexto estado do país com melhor índice no Ideb para o ensino fundamental

08/09/2018 às 21:15:14

O Ceará foi o sexto estado do país e o primeiro da região Nordeste com melhor marca no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente aos anos iniciais (1º ao 5º) do ensino fundamental de 2017. O estado também superou a meta nos anos finais (6º ao 9º), mas não atingiu a marca exigida para o ensino médio. A pesquisa foi divulgada nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo o levantamento, o Ceará superou a meta do Ideb proposta para 2017 nos cinco anos iniciais em 1,4 ponto. Foi o sexto ano consecutivo em que o estado atingiu a marca exigida pelo MEC.

Além do Ceará, sete estados alcançaram um Ideb maior ou igual a 6,0: Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Goiás e Distrito Federal.

Os estados do Ceará, Alagoas e Piauí apresentaram os maiores crescimentos no período. Especificamente a rede pública do Ceará subiu do nível 2,8, em 2005, para 6,1, em 2017, ritmo de crescimento quase duas vezes superior à média nacional.

Apenas um município cearense não alcançou a meta projetada para os anos iniciais do ensino fundamental. Na região Nordeste, onde há 153 municípios com Ideb igual ou superior a 6,0, 93 estão no Ceará.

Anos finais do ensino fundamental
O país alcançou em 2017 um índice igual a 5,8, considerando as redes pública e privada, superando em 0,3 ponto a meta proposta. Entretanto, se excluída a rede privada do resultado, o Ideb nos anos iniciais é justamente 0,3 ponto inferior.

Não alcançaram a meta: Amapá, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Por outro lado, oito estados alcançaram um Ideb maior ou igual a 6,0.

Nos anos finais, do 6º ao 9º, o estado obteve uma marca de 5,1 pontos no Ideb. Somente oito estados atingiram a meta exigida no período.

Já no ensino médio, o Ceará registrou a marca de 4.1 pontos, marca 0.60 menor que a estipulada no ano. O resultado atingido pelo estado foi 1.4 maior que o obtido em 2016. Contudo, o Ceará não atingiu a meta.

Pequeno avanço
O Ministério da Educação informou que, após três edições consecutivas sem alteração, o Ideb do ensino médio avançou apenas 0,1 ponto em 2017.

Apesar do crescimento observado, o país está distante da meta projetada. De 3,7 em 2015, atingiu 3,8 em 2017. A meta estabelecida para 2017 é de 4,7.

“Foi um crescimento inexpressivo. Estamos muito distantes das metas propostas. É mais uma notícia trágica para o ensino médio do Brasil”, destacou o ministro da Educação, Rossieli Soares.

O Ideb é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro.

O resultado é feito a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação, indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar. As análises refletem problemas estruturais da educação básica que precisam ser aprimorados.

G1

Compartilhar

Veja Também

Reforma da Previdência do Ceará é aprovada pela Assembleia Legislativa

09/11/2018 às 21:43:31 Por 30 votos favoráveis e três contrários, a Assembleia Legislativa aprovou, no ...