Home / Ceará / Ceará compra 350 mil testes rápidos para Covid-19

Ceará compra 350 mil testes rápidos para Covid-19

25/03/2020 às 12:14:50

Seguindo a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de expandir as testagens de pacientes suspeitos de Covid-19, o governo do Ceará adquiriu 350 mil testes rápidos. As coletas via gota de sangue deverão ser ofertadas até a próxima terça-feira (31) com resultados para a doença entre cinco a dez minutos.

Atualmente, o Ceará colhe diariamente uma média de 300 amostras respiratórias de pacientes. Com o teste rápido, a expectativa da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) é que o número de coletas dobre.

Segundo o titular da Sesa, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos, terão prioridade no acesso aos testes.

“É importante que os trabalhadores de saúde tenham o diagnóstico precoce, uma proteção especial, porque o resultado do atendimento depende muito da disponibilização da mão de obra qualificada. É preciso evitar que aconteça essa contaminação, pois eles são fundamentais e têm feito um esforço sem igual”, justifica Dr. Cabeto.

Casos
O número de casos confirmados de pacientes com coronavírus no Ceará subiu para 185 de acordo com novo informe epidemiológico divulgado nesta terça-feira (24) pela secretaria estadual da Saúde. A quantidade de casos suspeitos e os descartados não são mais divulgados.

Fortaleza é o principal ponto de concentração dos infectados, com 170 pessoas. Outros cinco municípios apresentam manifestação da Covid-19, sendo eles Aquiraz (6), Sobral (4), Fortim (1), Mauriti (1) e Juazeiro do Norte (1). Outros dois casos são de residentes de outros estados, sendo um da capital de São Paulo e outro de Uberlândia, em Minas Gerais.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 16h00 desta terça-feira (24), 2.100 casos confirmados de novo coronavírus no Brasil em 26 estados e no Distrito Federal. São 36 mortes no total, sendo 30 em São Paulo e seis no Rio de Janeiro.

Hospital no PV
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, anunciou nesta segunda-feira (23) a construção de um hospital de 3,5 mil m² dentro do Estádio Presidente Vargas, no Bairro Benfica. A nova unidade de saúde contará com 17 enfermarias com 12 leitos – total de 204 leitos – para receber pacientes diagnosticados com a Covid-19. A estrutura do hospital já começou a ser montada na tarde desta segunda (23).

Vacinação contra gripe
O Shopping Iguatemi, North Shopping Fortaleza e Jóquei, o Via Sul e o RioMar Kennedy e Papicu vão ser locais para vacinação contra a gripe, além do estacionamento da Universidade de Fortaleza. Escolas da rede municipal também serão integradas à campanha, conforme anúncio feito nesta segunda-feira (23) pela secretária municipal de Saúde, Joana Maciel. Além disso, pessoas com mais de 80 anos receberão a vacina em casa.

A vacinação nestes lugares ocorrerá na quarta-feira (25) e durante o fim de semana.

De acordo com a secretária, os espaços serão usados para evitar aglomerações, que podem contribuir para a transmissão do novo coronavírus. A campanha tem como foco, durante esta primeira fase, o grupo envolvendo idosos e profissionais de saúde.

“O Influenza também causa doenças graves e é muito importante que você, que tem mais de 60 anos, se vacine. Outra questão é que também é importante que você não tenha doenças causadas por outros vírus para que não seja confundido com a Covid-19”, disse Joana.

Transmissão comunitária
O Estado do Ceará já registra caso de transmissão comunitária do novo coronavírus, de acordo informação do secretário de Saúde, Dr. Cabeto. A transmissão comunitária – quando o contágio da doença está ocorrendo dentro do próprio estado – aumenta a necessidade de isolamento social. “Agora passam a ser contágios múltiplos entre pessoas do próprio estado por isso aumenta mais ainda a importância do isolamento social”, ressaltou Cabeto.

G1

Compartilhar

Veja Também

Ceará registra mais uma morte por Covid-19 e chega a 23; há 744 casos confirmados no estado

04/04/2020 às 17:57:58 O número de mortes causadas por coronavírus subiu para 23 de acordo ...