Home / Mundo / Calor continua pela Europa, causa mortes e prejuízos

Calor continua pela Europa, causa mortes e prejuízos

05/08/2018 às 20:51:22
As altas temperaturas continuam afetando vários países da Europa neste domingo (5).Em Lisboa, Portugal, os termômetros marcaram 43ºC, a temperatura mais alta para a capital desde 1981, quando o calor foi de 44º C. Mas o recorde ficou com Alvega, no centro do país, que chegou aos 46,8ºC.

Na vizinha Espanha, a situação é a mesma e ao menos três pessoas já morreram com problemas relacionados ao calor, como insolação.

Na Itália, um idoso de 82 anos morreu após passar mal em uma praia de Campomarino, em Molise, onde fazia 35ºC.

A França foi obrigada a fechar temporariamente quatro reatores nucleares para evitar um superaquecimento das águas de rios.

Foram encerradas as atividades da planta de Fessenheim, a mais antiga do país, e de outros três reatores próximos aos rios Reno e Rhône.

Para resfriar os reatores, são usadas as águas dos rios que, depois, são despejadas novamente na natureza. Com o calor, as autoridades temem que a temperatura das águas possa afetar os peixes e a biodiversidade local. 

NoticiasaoMinuto

Compartilhar

Veja Também

Estudo que eliminou HIV de animais é caminho para cura da aids, afirmam pesquisadores

09/07/2019 às 12:15:06 Um estudo divulgado na última terça-feira (2) traz avanços significativos no que ...